Globo se prepara para migrar de frequência analógica no StarOne D2

        Informe PORTAL BSD

A Globo será o único canal analógico do StarOne D2 que terá que mudar de frequência.

Segundo uma fonte familiarizada com o assunto, a emissora se prepara para informar a nova frequência, para os usuários de receptores analógicos, no tempo apropriado.

Ainda não se sabe a data nem tampouco a nova frequência analógica da Globo no D2, mas é provável que seja em breve, uma vez que a Rede TV! e Record News, que fazem parte da pequena faixa da banda C tradicional a ser limpa, já iniciaram o processo de migração de frequência.

Não se deve confundir, contudo, a limpeza da banda C (3625 a 3720 MHz) com a migração para a banda Ku. Enquanto os canais da faixa que será liberada terão que migrar para frequências mais altas dentro da própria banda C, os que irão migrar para a banda Ku serão aqueles que desejam continuar transmitindo para os usuários domésticos de parabólicas.

A maior parte dos canais permanecerá na banda C, mesmo após o término da migração para a banda Ku, uma vez que seus sinais também são destinados às retransmissoras ou operadoras de TV paga.

Por outro lado, a conclusão da migração para a banda Ku deve marcar o fim do sinal analógico via satélite no Brasil, o que deve ocorrer, no máximo, dentro de 4 anos.

De acordo com o regimento aprovado pelo GAISPI, as transmissões simultâneas, dos canais escolhidos da banda C e no satélite escolhido em banda Ku, não pode ser superior a 31 de dezembro de 2025.

Da Redação do Portal BSD: Lenildo da Silva

0 Comentários