Vivo e Nokia testam 5G em 26 GHz no Rio de Janeiro

A Vivo anunciou nesta quarta-feira, 15, o início de testes 5G nas ondas milimétricas de 26 GHz. A fornecedora Nokia é parceira da operadora na empreitada, que terá a cidade do Rio de Janeiro como palco.

O laboratório da Vivo na Barra da Tijuca e dois sites localizados na Barra e Recreio dos Bandeirantes farão parte da experimentação. Os testes contam com uma licença específica da Anatel para habilitação do 5G no 26 GHz.

O objetivo das duas empresas é observar quais serviços poderão ser desenvolvidos com a frequência, incluindo em acesso fixo sem fio (FWA) ou aplicações voltadas ao mercado corporativo.

"Os testes são importantes para avaliarmos o desempenho e a maturidade da tecnologia e também quais tipos de serviços poderão ser lançados, tanto para o mercado B2B, quanto nas soluções para o consumidor final, contribuindo para a evolução da rede 5G da Vivo", afirmou o diretor de planejamento de redes da Vivo, Elmo Matos.

A empresa nota que as ondas milimétricas habilitam maior capacidade e "melhores experiências aos usuários, sendo essenciais para o desempenho extremo característico do 5G". Cabe lembrar que ainda há dúvidas sobre a modelagem econômica da faixa – tanto que a Anatel estuda mudanças no tamanho dos lotes de 26 GHz do leilão de 5G, a fim de garantir interessados.

       Com Informe: TELETIME

0 Comentários