Operação da Polícia Civil contra estupro de vulnerável cumpre mandado na Grande São Luís


     Crédito G1 MA — São Luís

Uma Operação da Polícia Civil para combater crimes sexuais contra crianças e adolescentes está sendo cumprida em São Luís e na Região Metropolitana, nesta sexta-feira (5). Até o momento, cinco suspeitos já foram presos.

De acordo com a delegada Adriana Meireles, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), a maioria das vítimas são menores de 14 anos. “A maioria das vítimas conheciam o agressor, por ser parente ou por ser vizinho”, diz a delegada.

Ainda segundo a delegada, as crianças foram ouvidas por psicólogos e assistentes sociais e, também, passaram por perícia médica. Os abusos aconteciam mais de uma vez e o autor costuma ser uma pessoa próxima da vítima, até mesmo um parente. As investigações vêm sendo feitas há cinco meses e quatro prisões já foram efetuadas na capital e uma, em Anajatuba.

A operação denominada “Infância sem Medo” tem como objetivo prender criminosos que praticam ato libidinoso ou conjunção carnal contra crianças e adolescentes. crimes pelos quais os suspeitos devem responder são estupro de vulnerável e estupro qualificado.

0 Comentários