Cozinheira frustra clientes com ceia de Natal e vira meme


      Direto do Yahoo!

A ceia de Natal vendida por uma cozinheira frustrou clientes em São Vicente, no litoral de São Paulo. Segundo os consumidores, a refeição estava bem diferente da anunciada nas redes sociais. Algumas estavam estragadas e outras sequer foram entregues. O caso viralizou após as famílias lesadas protestarem na casa da profissional.

Em entrevista ao portal G1, três clientes relataram decepção e humilhação com as encomendas. Cerca de 100 refeições foram vendidas pela cozinheira, que não cumpriu o prazo de entrega e deixou a mesa das famílias vazia na noite de Natal.

"O que salvou foi o refrigerante e a champanhe. O problema não foi pelo valor, e sim que foi desumano o que ela fez. Ela destruiu o Natal, só a humilhação de pegar aquela fila", afirmou Juliane Beatriz Fernandes Câmara, 27 anos. Ela pediu para que a encomenda fosse entregue na última sexta-feira (24), mas explica que a cozinheira parou de atender às ligações.

“Fomos até a porta dela às 18h, depois de centenas de ligações não atendidas, e saí de lá à meia-noite”, conta. a consumidora, que conseguiu recuperar o dinheiro na noite de sábado.

Fabiane Lima Santa Rosa, 25 anos, decidiu ir até o local, mas quando chegou havia uma “fila quilométrica”. “Foi um transtorno. Saí às 20h30 sem ceia, precisando correr”, explicou.

“É revoltante, em um ano tão difícil a gente fez isso porque trabalha muito. Encomendei pela confiança, sei que as coisas dela são boas, mas eu não compro mais nada”, prosseguiu Fabiane. Ela recebeu o dinheiro de volta um dia depois da confusão.

Ana Caroline Neves, 25 anos, chegou a ir à casa da cozinheira, mas retornou à sua residência porque o filho estava passando mal. Horas depois, viu que a encomenda estava errada e estragada. “Um cheiro azedo, chorei muito, era meu primeiro Natal em casa e ela estragou isso”, desabafou. Ela conseguiu o dinheiro de volta um dia depois da confusão.

O caso foi parar nas redes sociais, onde viralizou rapidamente. Internautas fizeram memes e montagens com a situação após grande repercussão do caso. Nos comentários, alguns internautas identificavam a cidade de onde falaram, comentando que o caso havia chegado em Fortaleza, Minas Gerais e outros estados brasileiros. Após o grande número de mensagens, as postagens foram apagadas do perfil oficial da cozinheira.

Procurada pela reportagem, a cozinheira responsável pelas ceias, Roseli de Assis Rodrigues, 38 anos, contou que trabalha há 10 anos no ramo alimentício e que tinha uma equipe de 12 pessoas, mas que houve um acidente com a mesa de tortas que caiu no meio do dia. Ela fala que passou mal com o ocorrido, e por isso não conseguiu atender às ligações.

“Às 16h tinha pessoas na porta querendo pegar ceia. Foi tumultuando e ficando um caos”, relembrou. Ela alegou que a comida foi feita do dia e que não estava estragada, e reforçou que tem feito o retorno do dinheiro para os clientes. Apesar disso, ela diz que a repercussão na internet foi além do que deveria.

“Há pessoas me ligando pedindo dinheiro sem nem ter pedido”, contou. “Faço um pedido de desculpas pelo transtorno que foi grande, mas não estou me escondendo, estou ressarcindo”, ressaltou.

0 Comentários