Últimas Notícias

VEREADOR DE BOM JARDIM ANTÔNIO CESARINO SEGUE PRESO EM PRESÍDIO DE SANTA INÊS

Agora Santa Inês - VEREADOR  DE BOM JARDIM  ANTÔNIO CESARINO  SEGUE PRESO EM PRESÍDIO DE SANTA INÊS

Segue preso na Unidade Prisional de Santa Inês o vereador de bom Jardim Antonio Cesarino do PROS. Ele foi transferido para a prisão em Santa Inês no dia 14 de agosto passado, depois de ter sido preso em Bom Jardim, por determinação da Justiça, no dia 13.

O vereador cumpre prisão preventiva, por suspeita de atrapalhar as investigações relativas a um processo que apura o desvio de R$ 108 mil reais dos cofres da Câmara de Vereadores do município.

A bem da verdade a prisão de Cesarino foi realizada por conta de um pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA) que investiga as irregularidades nos cofres públicos de Bom Jardim. De acordo com o MP, o vereador e sua esposa, Ana Lídia Cesarino, teriam desviado R$ 108 mil em 2012. Na época, Ana Lídia era presidente da Câmara de Vereadores.

O pedido de prisão preventiva do político havia sido solicitado uma semana antes pelo Promotor de Justiça, Fábio Oliveira Santos, mas havia sido negado. Também foi solicitada a prisão de Ana Lídia, mas a Justiça decretou somente a de Cesarino. Para ela, foram impostas medidas cautelares como não se ausentar da cidade e não se aproximar de alguns prédios públicos. Quando foi preso Cesarino passou a noite na Delegacia de Bom Jardim, foi transferido para a regional de Santa Inês no dia seguinte, e em seguida, para a Unidade Prisional do município. Segundo o MP, ele já estava sendo monitorado por meio do uso de uma tornozeleira eletrônica desde a semana passada. “Nós pedimos a prisão dele tanto para a garantia da ordem pública quanto para a conveniência da instituição criminal, haja vista que desde o primeiro momento ele já tentou assediar testemunhas e inclusive, no próprio Ministério Público. Ele teve a coragem de tentar intimidar uma testemunha do MP dentro da nossa Promotoria”, disse o promotor, na época da prisão.

OUTRAS CONDENAÇÕES

Além desta condenação, Antônio Cesarino possui outra que foi concedida pela Justiça no início deste ano. O político foi acusado de fraudar documentos enquanto tentava se eleger presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bom Jardim, em 2010.

Segundo o Ministério Público, ele prometia pagar mensalidades atrasadas de associados do Sindicato dos Trabalhadores Rurais em troca do voto, mas dava aos lavradores comprovantes falsos de quitação. Ele foi condenado a quatro anos e cinco meses de prisão, mas ganhou o direito de recorrer em liberdade e de usar tornozeleira eletrônica.

OUTRA PRISÃO

O político ficou conhecido em todo o Maranhão quando foi preso em 2014, junto com ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, conhecida como ‘prefeita ostentação’ e o marido dela, Beto Rocha. Os três são acusados de desviar dinheiro público destinado à educação de Bom Jardim e usado para a compra de merenda escolar e a reforma de unidades de ensino.

Na época, Antônio Cesarino era Secretário de Agricultura de Bom Jardim. Mesmo com as acusações e alguns anos após o episódio, ele se candidatou a vereador e foi eleito com quase 800 votos. Por meio de nota, Antônio Cesarino afirmou que é inocente e está sendo vítima de perseguição política.

LICENCIADO E SEM SALÁRIO

Ontem a reportagem do AGORA, foi informada de que Antônio Cesarino pediu seu afastamento da Câmara de Bom Jardim, através de uma licença se renumeração, ou seja, ele segue como vereador, só que sem receber salários.

(Da Redação do AGORA, com informações do imirante.com) via Agora Santa Inês

Nenhum comentário

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão