Justiça condena homem que matou mulher a pauladas no Maranhão

Justiça condena homem que matou mulher a pauladas no Maranhão

A justiça condenou Marcos Barros França a 25 anos e meio de prisão pela morte da ex-companheira, Maria Ivanilde Reis, no município de Penalva (255 km de São Luís). O crime ocorreu em fevereiro do ano passado.

A sessão do Tribunal do Júri foi presidida pelo juiz Carlos Alberto de Matos Brito, titular da Comarca de Penalva, na Câmara de Vereadores de Penalva. 

Segundo a denúncia, o assassinato aconteceu no dia 11 de fevereiro de 2018, na localidade São Joaquim, povoado da zona rural de Penalva. O acusado matou a vítma a pauladas e a morte teria sido motivada por ciúmes. 

Marcos Barros foi preso alguns meses após o crime, na casa de familiares na cidade de Pindaré-Mirim, e teve a prisão em preventiva decretada. Réu não confesso, ele respondeu no julgamento as perguntas formuladas pelo representante do Ministério Público e pelo magistrado. Na sentença, o magistrado manteve a prisão e negou ao réu o direito de recorrer em liberdade.

Os jurados condenaram Marcos Barros França pelo crime de homicídio por motivo torpe, meio cruel e feminicídio. A Lei nº 13.104/2015 alterou o artigo 121 do Código Penal, para prever o feminicídio como circunstância qualificadora do crime de homicídio.

0 Comentários