Últimas Notícias

Motorista de Uber é baleado após reagir a assalto e criminosos são presos pela PM




Policiais da Ronda Ostensiva Tático Móvel (ROTAM) da PM prenderam três homens que assaltaram e balearam o motorista de aplicativo Uber Vilson Carvalho dos Santos, na Avenida Santa Clara, no bairro Santa Clara no Residencial Eco Tajaçuaba, em São Luís. Após o anúncio do assalto, o motorista reagiu, entrou em luta corporal e foi atingido com um disparo no ombro.

Após a ocorrência, por volta das 19h30 de segunda-feira (13), os policiais militares entraram em ação e conseguiram prender, de imediato, Ilderlan Costa dos Santos, de 20 anos, nas proximidades do Campo de futebol “João Pretinho”, no bairro Santa Clara. Ele informou o onde os outros dois comparsas se encontravam.

Na casa de Ilderlar, foram encontrados um revólver calibre 38, com uma munição deflagrada, e uma escopeta calibre 12 de fabricação caseira.

No Residencial Eco Tajaçuaba, foram presos Eric Cesar dos Santos Barros, de 20 anos; e Luís Fernando Matos dos Santos Filho, de 20 anos.

Ao ser preso Luís Fernando, disse aos policiais que teria sido o autor do disparo. Segundo ele, a vítima teria reagido e a arma disparou acidentalmente. 

O motorista Vilson Santos passou por uma cirurgia e está internado no Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão II.

Na mira de assaltantes

Motoristas de Uber vêm sendo vítimas de assaltos constantemente na região metropolitana de São Luís. Na semana passada a vítima foi Diego Ribeiro da Silva, 36 anos. Ele morreu no hospital Socorrão I ao ser atingido com três tiros na cabeça na Vila Cabral, em Pedrinhas, na Zona Rural de São Luís. 

A polícia investiga o caso e não descarta a hipótese de que ele tenha sido vítima de uma execução.

Do Blog do Gilberto Lima via Portal Gaditas

Nenhum comentário

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão