Últimas Notícias

Anatel define detalhes para implementação do 5G no Brasil

Resultado de imagem para imagem de 5g

A Anatel (Agência Nacional das Telecomunicações) definiu os últimos detalhes para a implementação da rede 5G no Brasil. Segundo a agência, o edital deve ser publicado ainda este ano e o leilão pode acontecer até março de 2020. 

De acordo com o presidente da agência, Leonardo Euler, já houve uma definição de quais lotes seriam leiloados. Dentro da faixa de 3,5 Ghz, existe uma fatia de 200 Mhz a ser leiloada. Na faixa de 2,3 Ghz, há uma porção de 100 Mhz, e nos 700 Mhz, há duas de 10 Mhz. O modelo da concessão do 5G ainda será submetido a uma consulta pública e terá de ser aprovado pelo conselho da agência. A etapa que falta é a elaboração dos preços a serem cobrados pelas concessões das bandas, que são chamadas de "ondas milimétricas".

A novidade, porém, foi o anúncio de uma outra faixa, a de 26Mhz, que promete revolucionar a maneira como acessamos a internet e quais atividades poderão ser excercidas, já que a latência será mínima e a velocidade de download extremamente veloz.

Segundo o superintendente de competição da Anatel, Abraão Balbino da Silva, com essa nova faixa do 5G seria possível jogar videogame sem o uso de um console, por exemplo. Embora o Google Stadia, primeiro console reconhecidamente de streaming e que ainda será lançado, não necessite de tamanho poderio, com uma conexão desse porte não haveria dúvidas da competência do seu funcionamento por aqui.

Ele ainda completa que os carros autônomos funcionariam de maneira muito mais eficiente e orgânica, já que, para controlar este automóvel, é necessária uma conexão de muita qualidade, o que com o 5G seria bem fácil. O dirigente completa, ainda, que até cirurgias à distância poderiam ser executadas com perfeição.

Fonte: UOL Tecnologia
Trending no Canaltech:

Nenhum comentário

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão