Últimas Notícias

Cuba testará pela primeira vez a tecnologia 4G em Havana

Foto de arquivo. EFE/Ernesto Mastrascusa

           EFE

Um teste com o serviço de dados móveis com a tecnologia 4G vai ser implementado em Havana a partir de sexta-feira, segundo informações de especialistas da Empresa de Telecomunicações de Cuba (ETECSA), o monopólio estatal das comunicações da ilha.

O objetivo principal é avaliar o comportamento da rede e evacuar parte do tráfego atualmente gerado pelo consumo de dados móveis em Havana por meio da tecnologia 3G, à qual os cubanos têm acesso desde dezembro do ano passado, indicou a página oficial "Cubadebate".

O teste começará no norte de Havana, em uma área que inclui toda a costa da praia em Santa Fe (oeste da cidade), onde já estão criadas as condições para o acesso, segundo explicou o chefe de grupo de acesso sem fio da vice-presidência de investimentos da ETECSA, Eliezer Samada.

Atualmente, o balneário turístico de Varadouro e a cidade vizinha de Cardenas já contam com o acesso à tecnologia 4G, mas apenas para roaming, diz Samada.

Além disso, adiantou que em uma próxima etapa, o teste de 4G deve se estender para a área do porto de Mariel, onde a Zona de Desenvolvimento Especial, um grande centro comercial e porto comercial localizado a cerca de 45 quilômetros de Havana.

Para lançar a nova tecnologia em Cuba, foram selecionados clientes que habitualmente consomem pelo menos 2,5 gigabits (GB) nesta área por um mês, segundo o diretor de gestão de canais da vice-presidência de Integração Comercial da ETECSA, Yusnely Llano.

Com esta condição foram identificados cerca de 10 mil potenciais clientes até agora.

A direção afirmou que esta etapa permitirá avaliar a rede e descongestionar a rede 3G e esclareceu que "a tecnologia está sendo introduzida e quando tiverem as condições e uma penetração importante, será lançada com ofertas específicas".

Além disso, advertiram que durante o teste os usuários poderão fazer uso da rede, mas a partir dos próprios pacotes e tarifas que já possuem, sem mudanças de preços.

Em Cuba, com 11,2 milhões de habitantes, existem mais de 5,3 milhões de usuários de linhas móveis e, de acordo com dados divulgados no mês de janeiro, mais de 1,8 milhão de cubanos tinham ativado o serviço de dados móveis com tecnologia 3G em telefones celulares e essa rede cobria 66% do território da ilha.

Nenhum comentário

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão