Últimas Notícias

PIAUÍ| Mulheres são presas após tentarem esfaquear vítima durante assalto

           Piauí em Foco
Na quinta-feira (14/02), policiais do BPRE realizaram a prisão de duas mulheres acusadas de assaltos na região do bairro Matinha, na zona Norte de Teresina. De acordo com informações, as criminosas foram presas instantes depois de terem feito uma vítima em uma parada de ônibus.

“Elas se encontravam nas imediações da Ponte Metálica, fizeram o roubo a um cidadão que estava na parada, levaram uma quantia em dinheiro e alguns objetos dele. A guarnição estava em rondas no local e elas foram pegas nas proximidades”, afirmou o PM.

A vítima, que é técnico em enfermagem, relatou que uma das mulheres queria esfaqueá-lo no momento do assalto. “Eu estava na parada, chegou três, duas moças e um rapaz. Eles sentaram, perguntaram se tinha passado ônibus e do nada puxaram uma faca. Eu estava com um amigo sentado, disse para meu amigo correr e eu fiquei porque ela estava me segurando. Quando ela tentou me furar com a faca eu caí para trás. Ela pegou minha bolsa e eu puxei, nós tivemos uma luta corporal e logo em seguida, o amigo dela que também estava com uma faca puxou a minha bolsa, puxou ela e tentou me furar também, foi aí que eu desisti e eles fugiram para a Matinha”, disse.

Ele relatou ainda que não conseguiu recuperar todos os seus materiais de trabalho. “Eu recuperei meu celular, meu jaleco, minha calça e camisa branca, mas não recuperei meu estetoscópio e termômetro que uso com meus pacientes, muito menos meu dinheiro”, afirmou.

Segundo o sargento Aldaisio, provavelmente o homem envolvido no assalto tenha ficado com os objetos. “O celular foi recuperado, mas a questão do dinheiro e o estetoscópio não conseguimos recuperar porque tinha um terceiro indivíduo do sexo masculino que muito provavelmente tenha ficado com o material nas bocas de fumo perto da Ponte Metálica”, declarou.

Nenhum comentário

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão