Motoqueiro morre ao bater em barreira de concreto em Várzea Grande

Olisses pilotava uma moto Honda Bros preta e seguia pela rodovia quando próximo à ponte teria perdido o controle do veículo e colidido com a barreira de concreto, batendo com a cabeça. A moto ainda foi jogada para longe de onde o corpo parou.


Olisses Gusmão de Camargo teve uma morte trágica no final da tarde de domingo, na Rodovia Mário Andreazza, em Várzea Grande. Ele trafegava com sua moto em alta velocidade quando perdeu o controle e colidiu contra uma barreira de concreto. Ainda foi levado ao hospital, mas não resistiu.

Olisses pilotava uma moto Honda Bros preta e seguia pela rodovia quando próximo à ponte teria perdido o controle do veículo e colidido com a barreira de concreto, batendo com a cabeça. A moto ainda foi jogada para longe de onde o corpo parou.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e socorreu o motociclista. Ele foi encaminhado ao Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

0 Comentários