Bandidos furtam fios da central de telefonia e deixam o Samu incomunicável

Resultado de imagem para imagem de ladrão furtando fio cobre
imagem não corresponde com o ocorrido. Ilustração
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda está sem sistema de telefonia. O problema teve início na última terça-feira, 25, por conta do furto da central de telefonia do órgão. Desde então, o 192 não funciona.

A população que precisar do serviço de Atendimento Móvel de Urgência pode ligar no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), pelo 190, ou nos Bombeiros, pelo 193, que o caso vai ser repassado ao Samu.

A diretora do Samu, enfermeira Lúcia Carlos, confirmou a “pane” e destacou que as chamadas foram encaminhadas ao Ciosp. “A emergência está sendo repassada para um profissional da nossa equipe”.

Porém, após uma manutenção da equipe da Oi, o serviço voltou a funcionar. No entanto, a “pane” voltou a ocorrer. “O serviço deve ser concluído ainda hoje e a central telefônica deve voltar a operar normalmente. Mesmo assim, continuamos atendendo todas as ocorrências normalmente”, informou.

“Ainda não se sabe exatamente quando a normalidade será restabelecida. Estamos trabalhando para que isso ocorra o mais breve possível”, explicou o técnico de suporte do Samu, Ademir dos Santos.

Vale ressaltar que é a terceira vez que furtam os fios de telefonia do Samu na Capital.

0 Comentários