Deputado do PSL diz que Bíblia dada a Haddad foi achada no chão; Candidato do PT alega “armação”

Haddad recebeu a Bíblia durante comício em Fortaleza. (Foto: Reprodução)
Uma Bíblia que o presidenciável Fernando Haddad (PT) ganhou de presente de um evangélico durante ato em Fortaleza no sábado (20) foi parar nas mãos do deputado estadual mais votado no Estado, André Fernandes, do PSL. O youtuber diz que a Bíblia foi encontrada no chão da Praça do Ferreira, no Centro, onde aconteceu o evento. Haddad afirma que foi vítima de furto.

“Olha só o que foi achado hoje aqui no chão da Praça do Ferreira”, diz André Fernandes em vídeo postado no domingo (21), e que hoje lidera a lista de vídeos mais populares no YouTube no Brasil.

“A mesma Bíblia Sagrada que ele recebeu de presente. E, antes que você diga que eu estou com mentira, tá aqui a dedicatória”, ressalta André, mostrando a página do livro.

Nesta segunda-feira (22), Haddad confirmou que a Bíblia exibida por André Fernandes é a mesma que ele ganhou de presente e chamou de “armação”.

“Eu estava em Fortaleza onde recebi um presente. Esse presente era uma Bíblia, de um aluno da Unilab. Nós imaginávamos que essa Bíblia tivesse sido extraviada”, disse Haddad, afirmando que o livro sumiu de uma sacola enquanto acontecia o discurso de sua esposa, Ana Estela Haddad.

O eleitor que deu a Bíblia de presente a Haddad é Erineldo Lima. Ele é dirigente do PT em Acarape e membro da Assembleia de Deus.

“Nós imaginávamos que estava na mão de algum militante e estávamos ligando para todo mundo ir atrás. Eis que essa Bíblia Sagrada apareceu na mão de um deputado do Bolsonaro, que mentiu e disse que encontrou essa Bíblia no chão. Não. Ela foi furtada do palco do comício”, afirmou Haddad. “Isso é, no mínimo, estranho: todo mundo atrás da Bíblia e depois vai parar na mão dele?”, questionou nas redes sociais.

O presidenciável disse ainda que foi furtado o celular de um assessor de imprensa de sua campanha no mesmo dia. Ambos os furtos teriam acontecido em cima do palanque onde estava ao lado do governador do Ceará, Camilo Santana (PT) e outros políticos.

O vídeo de André Fernandes, que é presidente do PSL Jovem do Ceará, viralizou nas redes sociais e em sites cristãos, com afirmações de que Haddad havia desrespeitado os eleitores e a religião. “Como tem cristão que ainda vota no Haddad?”, escreveu o deputado eleito no Facebook.

0 Comentários