Operação “Domínio” desarticula organização criminosa em Imperatriz

Durante a Operação Domínio realizada pela Polícia Civil cinco pessoas foram presas suspeitas de integrarem uma organização criminosa de tráfico de drogas, no bairro Leandra, em Imperatriz.

Foram presos em flagrante Josué Gomes Silva, conhecido como “Bah”, Claudinei Pereira Lima, conhecido como “Dinei”, Lucas Macedo Oliveira, conhecido como “Playboy”, Elisnai Sousa da Silva, conhecido como “Neguinho” e Jhonatan Lima dos Anjos, conhecido como “Equilíbrio”. Todos são suspeitos de participar de uma organização criminosa de atuação no bairro Leandra.

Segundo a polícia, foram apreendidas duas armas de fogo, drogas e uma embarcação que seria utilizada pela organização para o transporte de drogas, além de práticas de assaltos e homicídios, pelo Rio Tocantins.

Ainda segundo a polícia, inicialmente, o objetivo da operação era dar cumprimento às ordens de prisão e busca concedidas em desfavor de Josué Gomes Silva, conhecido como “Bah” e Ezaquiel Nascimento e Silva, que segundo a polícia, são autores do homicídio contra Roberto Ricardo Duarte Gomes, em julho de 2017, além de uma série de outros homicídios ocorridos nos Bairros Leandra, Caema e adjacentes. Todos esses crimes cometidos em decorrência do tráfico de drogas na região para eliminação de concorrentes e ampliação do domínio no comércio de drogas ilícitas da área.

De acordo com a polícia, apesar dos esforços não foi possível localizar o líder e mandante de dezenas de homicídios na região, Ezaquiel Nascimento e Silva.

Os presos estão à disposição da justiça, na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz/MA.

A operação foi realizada pela Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios de Imperatriz (SHPP) e da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz (SENARC), com a participação da Polícia Civil do Tocantins/TO e da Polícia Militar do Maranhão, através das equipes do GOE, FORÇA TÁTICA e do Serviço de Inteligência do 3° BPM de Imperatriz.

0 Comentários