Quando se preparava para enterrar duas mulheres em sua casa no Maranhão, a polícia chegou


O diálogo entre os três foi áspero. Mãe e filha querima o dinheiro do pedido de empréstimo feito a ele por uma delas. Exaltado, ele pegou uma marreta e atingiu primeiro a mãe e depois a filha. Ao perceber que as duas estavam mortas, ele friamente começou a abrir as covas.

Vizinhos desconfiaram das gritarias durante a discussão e avisaram para a polícia que chegou no momento em que o assassino estava terminando o serviço para enterrar as duas mulheres. Elas estavam com várias hematomas pelo corpo e o rosto completamente desfigurado.

A polícia teve dificuldades para retirar o assassino de dentro de casa por causa da aglomeração dos populares que queriam fazer justiça com as próprias mãos.




0 Comentários