Caso de estupro na Universidade Positivo gera protesto

Polícia Civil divulgou o retrato falado dos suspeitos - Créditos: Divulgação


Uma estudante de 19 anos foi vítima de estupro ocorrido no campus da Universidade Positivo, no bairro Campo Comprido. O crime foi cometido por dois homens no dia 18 de abril, mas a informação veio à tona no início de maio, após a jovem fazer boletim de ocorrência, no dia 3.

O crime gerou revolta em parte da comunidade acadêmica. Um ato contra a violência sexual foi organizado por estudantes nesta terça-feira (9), no campus onde ocorreu o estupro.

A Polícia Civil divulgou o retrato falado dos dois suspeitos e, em nota, afirmou que o inquérito policial foi instaurado na Delegacia da Mulher, que apura os fatos para a identificação dos suspeitos.

Em nota, a direção da universidade afirmou que criou um comitê, com participação de especialistas e representantes de alunos e funcionários, para avaliar possibilidades de melhoria na estrutura de segurança.

0 Comentários