Sargento da PM é morto durante assalto a ônibus


Na noite do ultimo sábado (11), o sargento da Polícia Militar da Reserva, Adalberto Santos Silva, que tinha 56 anos, foi assassinado durante um assalto no município de Feira de Santana.

O policial foi baleado nas pernas e costas durante um assalto a um ônibus coletivo da empresa Rosa, na rua Primavera, bairro Sobradinho.

Segundo informações de uma passageira que preferiu não se identificar, os bandidos anunciaram o assalto e quando reconheceram o policial no interior do ônibus partiram para cima do mesmo que ao reagir um dos assaltantes conseguiu tomar sua arma e deflagrou os tiros. Na troca de tiros, o PM foi atingido e socorrido pelo motorista do coletivo para a Policlínica do George Américo, mas a vítima não resistiu e morreu a caminho da unidade de saúde.

O assaltante identificado como Alexandre Santana Oliveira Nascimento, 21 anos, foi ferido e após ser medicado na policlínica do conjunto George Américo, foi preso por policiais da 65ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). Devido aos ferimentos, o suspeito foi transferido para o para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), onde permanece custodiado.

" Matheus dos Santos Paiva foi preso na casa da namorada, ele confessou que tomou a arma do sargento e cometeu a execução juntamente com o Alexandre, e que Lucas Matias de Oliveira, 19 anos, deu suporte no assalto", declarou o delegado André Ribeiro. Em entrevista ao Boca de Zero Nove, Mateus (camiseta vermelha) confessou que tomou a arma do PM e atirou. Disse ainda que não tinha a intenção e que foi coisa de 'momento'.

O crime será tipificado como latrocínio (roubo seguido de morte), já que a motivação do assassinato foi o assalto ao coletivo, conforme informações policiais.

0 Comentários