Quatro pessoas foram indiciadas pela morte do indígena Hugo em Barra do Corda.



A policia civil do Maranhão finalizou as investigações do assassinato do indígena Hugo Pompeu Guajajara, morto no dia 23 de novembro de 2016 na cidade de Barra do Corda. O índio foi vitima de latrocínio, de acordo com a policia após a prisão de Diones da Conceição Soares na cidade de Antônio do Descoberto em Goiás, o mesmo confessou o crime e descobriu para a policia a participação de mais três cumplices, identificados como: Antônio do Nascimento da Silva, João Nascimento da Silva e John Ney Lima Lopes.

Depois da reconstituição do crime, a justiça decretou a prisão preventiva dos quatros acusados, Antônio do Nascimento e John Ney foram presos nesta sexta-feira (07) de abril de 2017 em Barra do Corda, João Nascimento foi preso no Estado do Ceará onde estava escondido.

Com o esclarecimento do crime os 04 estão na penitenciaria à disposição da Justiça.

0 Comentários