Ser mulher de programa em São Luís não tem dado mais lucro



As bichinhas estão sem nenhuma opção, ou seja, sem cliente que pague bem. A todo momento as meninas vem sendo desvalorizadas. O fato é que estão perdendo espaço para as “novinhas”, “de família”, ninfetinhas.

Vejam a situação do cabaré da Rosana, um local que já foi bem frequentado pela alta sociedade masculina e por casais versáteis, local onde “PREFEITO CABARÉ” costumava ir direto, sem exitar, a ponto de conhecer a sua atual esposa dentro de uma dessas casas que alguns chama de “casa de massagem”.

Hoje em dia as meninas estão precisando exibir seus bumbuns lotados e minados de celulites, outras até pagam peitinho em uma atitude desesperada para conseguirem clientes.

0 Comentários