Promotoria quer processo contra Neymar, seu pai, Rosell, Barcelona e Santos

Resultado de imagem para foto de neymar
imagem do banco de dados

O 'caso Neymar' parece nunca ter fim. Nesta sexta-feira (7), a promotoria espanhola pediu ao tribunal para julgar o jogador, seu pai, Sandro Rosell, Barcelona e Santos por crime de fraude e corrupção. Os indiciados teriam alterdo preço da sua transferência, algo que o fundo DIS questiona.

Em um primeiro momento, o juiz da Corte Nacional, José de la Mata, arquivou o caso, mas agora o processo será retomado e todos os acusados serão processados novamente. A promotoria acredita que Neymar e os demais envolvidos precisam sim ser investigados novamente.

Dono de 40% dos direitos do jogador, a empresa DIS, se considera prejudicada na transferência. O grupo acredita que devia ter recebido mais dinheiro quando o craque foi comprado pelo Barcelona em 2013, recebeu 40% de 17,1 milhões (6,84 milhões de euros). A Justiça acredita que o valor ultrapassou 83 milhões de euros.

0 Comentários