Modelo russa de 17 anos viaja para Dubai e vende virgindade

Anna Feschenko disse para família que passagens eram um prêmio do Miss Moscou

Via Terra

A Modelo russa Anna Feschenko, de 17 anos, ficou em segundo lugar no concurso Miss Moscou deste ano e, em junho, viajou para Dubai para trabalhar como garota de programa. A jovem contou para mãe, Olga, que as passagens eram um prêmio por ter participado da competição. As informações são do site do jornal Daily Mail .

Segundo Olga Feschenko, uma agência anunciou a virgindade de sua filha por £ 10 mil (cerca de R$ 36 mil). Ela só descobriu a real situação da filha depois que uma amiga que a acompanhou aos Emirados Árabes Unidos revelou tudo.

Ekaterina Karina, de 19 anos, contou que não sabia que Anna havia assinado com uma agência de prostituição. “Viajei a seu convite e ela disse que era um prêmio pago pelo Miss Moscou. Brigamos depois de dois dias, porque eu queria saber a verdade por estarmos lá”.

“Anna tentou me colocar no negócio, mas não preciso desse tipo de trabalho. Então, ela me mandou ir embora”, disse. Ekaterina acha que a amiga ficou deslumbrada com a proposta que lhe foi oferecida. “Anna deve ter ficado impressionada com a quantidade de dinheiro que poderia ganhar”, concluiu.

A família acredita que a modelo aceitou se prostituir para bancar sua educação universitária em Moscou. Os pais da jovem viajaram para Dubai para trazê-la para casa. Eles chegaram a marcar um encontro com a filha, mas ela não apareceu. Olga Feschenko avisou a polícia russa sobre o caso e as autoridades estão investigando se a adolescente assinou com a agência antes de sair do país.

0 Comentários