Garoto de 9 anos entra na faculdade ‘para provar que Deus existe’

Imagem: Reprodução
reprodução
Aos 9 anos, o jovem William Maillis é parecido com as outras crianças da sua idade: gosta de passar horas na frente do videogame e brincar com os amigos na rua da sua casa. Quando o assunto é a vida acadêmica de William, no entanto, ele se diferencia da maioria dos outros garotos da sua faixa etária.

Em maio deste ano, William concluiu oensino médio em Penn Towship, no Estado americano da Pensilvânia, e agora é um estudante universitário com suas próprias teorias sobre o universo. O objetivo do jovem é estudar e se aprofundar no estudo da física e química do espaço. “Eu quero provar a todos que Deus existe”, afirmou Maillis em entrevista à revista americana People.

Para conseguir provar a existência de Deus, William contou à People que o seu plano também inclui fazer um doutorado e ser astrofísico. O jovem quer atestar que somente uma força externa teria acapacidade de formar o universo. Com isso, ele contestaria as teorias dos físicos Albert Einstein e Stephen Hawking sobre o universo.

Atualmente, ele frequenta aulas de ensino superior em uma instituição menor, a Community College of Allegheny County. A ideia dos pais é que o garoto se acostume com a vida universitária, antes de tentar uma vaga para William na Universidade Carnegie Mellon, em Pittsburgh.

Desde bebê, Maillis já se destacava em comparação com as outras crianças da mesma idade. Aos 2 anos de idade, ele fazia contas de multiplicação, aos 4 anos, William aprendeu grego, um ano depois, ele sabia geometria e com 7 anos, o jovem já dominava conceitos de trigonometria.

(Com informações da VEJA.com) Via 180graus

0 Comentários