Além de Pezão, outros 12 atletas são demitidos do UFC, incluindo quatro brasileiros; veja os nomes

694x467


Mais uma vez, o "facão" do Ultimate foi passado. Desta vez, 13 atletas não farão mais parte da maior organização de MMA do mundo. Nesta semana, já havia sido anunciado que o peso-pesado Antônio Pezão foi demitido do evento, entretanto, o UFC cortou mais 12 lutadores do seu plantel, sendo quatro foram brasileiros. São eles: Glaico França, Leonardo Leleco, Caio Monstro e Alberto Uda. A informação foi divulgada pelo site MMA Fighting. 

Mesmo sendo campeão do TUF Brasil 4, Glaico não teve a oportunidade de mostrar muito o seu trabalho dentro do Ultimate. Em sua estreia, finalizou Fernando Açougueiro, porém, acabou acumulando duas derrotas seguidas, para James Vick e Gregor Gillespie. Já Caio Monstro se apresentou sete vezes dentro do octógono e acumulou quatro vitórias e três derrotas. Ele havia vencido seus quatro oponentes seguidamente, porém, acabou sendo derrotado por Josh Samman e Brad Tavares nas últimas lutas. 

Já Leleco e Uda fizeram somente duas lutas dentro do UFC e acabaram sendo derrotados em ambas. Os outros nomes demitidos foram: Shane Campbell, Kevin Casey, Cody East, Cory Hendricks, Sean Spencer, Enrique Marin, Tamdan McCrory e Kenny Robertson.

0 Comentários