Temendo o mesmo destino, senadora do PT critica prisão de Mantega

Plenário do Senado Federal durante sessão não deliberativa ordinária. Em discurso, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).  Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado


Temendo seguir o mesmo rumo da prisão, já que é acusada de ter recebido R$ 1 milhão de propina, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) usou as redes sociais na manhã desta quinta-feira, 22, para criticar o que considera “espetáculo” e “humilhação” na prisão temporária do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, decretada na nova fase da Operação Lava Jato. “E não podia faltar o espetáculo e a humilhação, característicos de Moro e PF: retiram Guido do centro cirúrgico onde a mulher seria operada”, reclamou a petista, que também é investigada na operação e já teve o marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, preso pela Lava Jato.

0 Comentários