Cobradora queimada em ataque a ônibus em São Luís volta a ser internada

A cobradora teve queimaduras de primeiro e segundo graus e continua internada

Blog do Minard crédito

A principal vítima do incêndio criminoso ocorrido no último dia 12 em um ônibus que fazia linha Caratatiua/Deodoro, e trafegava pela Avenida Kennedy, voltou a ser hospitalizada nesta segunda-feira (19).

De acordo com informações repassadas pelo Sindicato dos Rodoviários do Maranhão a cobradora do ônibus, que preferiu não ter o nome divulgado, sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau, e depois de receber todo o atendimento médico necessário tendo alta na tarde da última sexta-feira (16), ela precisou retornar ao Hospital Guarás pois queixava-se de dores na região onde sofreu as queimaduras, além de um inchaço observado nas pernas. Acompanhada por uma equipe médica especializada, a paciente será submetida a um procedimento cirúrgico nesta terça-feira (20) para retirar tecidos mortos. Segundo o último boletim médico, informado através do sindicato, as dores diminuíram e o quadro dela é estável.

Conforme nota divulgada hoje, “o Sindicato dos Rodoviários reafirma, que o presidente e demais diretores da entidade, tem prestado toda a assistência a trabalhadora e aos familiares dela. Desde o momento do atentado até então, Isaías Castelo Branco tem mantido contato permanente com a cobradora, indo pessoalmente ao hospital e verificado de que forma o atendimento tem sido prestado pela unidade de saúde.”

Reveja abaixo as imagens registradas pela câmera interna do ônibus que mostram toda a ação dos bandidos e o desespero dos passageiros. A cobradora foi a última a deixar o veículo.

0 Comentários